Archive for the ‘Evento’ Category

Luiz Bras em Garanhuns, PE

09/11/2013

dvi0611p0001.qxd

Anúncios

Mundos paralelos em Frankfurt

16/07/2013

Feira de Frankfurt

Com o passar dos anos, fui vencendo a timidez e aprendendo a gostar de compartilhar minha experiência literária com os leitores e também com os escritores em início de carreira.

Atualmente, mesmo detestando táxis, aeroportos, detectores de metal e aviões (quem não detesta?), não recuso mais um bom convite pra coordenar oficinas de criação literária ou participar de debates e mesas-redondas, fora do bairro onde me escondo. A vivência me ensinou a relaxar e curtir esses momentos preciosos.

Sendo assim… Hora de rechear a mochila. Este mês coordenarei uma oficina no Sesc Santa Rita, no Recife. Em agosto será no Sesc de Joinville e em outubro no Sesc de Florianópolis.

Também em outubro, na programação da Feira do Livro de Frankfurt, participarei de uma conversa com a escritora Maria Esther Maciel, mediada pelo crítico Manuel da Costa Pinto.

Pavilhão Brasil – dia 12, às 13h30

Mundos paralelos

Escritores também com intensa atuação na crítica literária, Maria Esther Maciel e Nelson de Oliveira (que atualmente assina como Luiz Bras) apresentam suas obras atravessadas pela arbitrariedade cerebral dos jogos ficcionais e pelos mundos paralelos da imaginação.

O fim do mundo

22/05/2013

12 macacos

A Biblioteca Viriato Corrêa, especializada em literatura fantástica, convida todos os corajosos a participar da 11ª Fantástica Jornada Noite Adentro.

A expectativa é que não sobre nada ou ninguém, mas, se houver sobreviventes, a recompensa será o direito de voto na escolha dos temas para as próximas Jornadas do ano, que já têm data marcada: 23 de agosto e 29 de novembro.

Tema recorrente no cinema e na literatura, o fim do mundo é o mote para a programação. Como já é tradicional, a noite começa com uma leitura seguida de um debate. À meia-noite começam as sessões de cinema no auditório e o jogo de RPG live-action no andar térreo. Às 6h será oferecido um café da manhã.

Confira a programação completa:

Mesa-redonda: O fim do mundo no cinema e na literatura
Leitura de textos sobre o fim do mundo, seguida de um debate com o crítico cinematográfico Celso Sabadin e o escritor Luiz Bras, com mediação de Silvio Alexandre, organizador do Fantasticon. Dia 24 de maio às 22h.

Live-action role play: a.experiência.quimera
Com o grupo Confraria das Ideias. Para jogar é preciso se inscrever pelo e-mail: confrade.godoy@gmail.com. Dia 25 de maio à meia-noite.

Filmes:

Planeta dos macacos (2001, 119 min, legendado, direção de Tim Burton).
Elenco: Mark Wahlberg, Paul Giamatti, Helena Bonham Carter.
Para maiores de 12 anos. Dia 25 de maio à meia-noite.

Os 12 macacos (1995, 129 min, legendado, direção de Terry Gilliam).
Elenco: Bruce Willis, Madeleine Stowe, Brad Pitt.
Para maiores de 14 anos. Dia 25 de maio às 2h.

Filme-surpresa
Dia 25 de maio às 4h.

Encerramento com café da manhã.
Dia 25 de maio às 6h.

Convidados:

Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema dos sites Planeta Tela e 100% Vídeo, da  Revista de Cinema e da Rádio Bandeirantes. É autor dos livros Vocês ainda não ouviram nada: a barulhenta história do cinema mudo, Éramos apenas paulistas e Ofício de cineasta.

Luiz Bras é doutor em Letras pela USP e colabora regularmente com o caderno Ilustrada, da Folha de S.Paulo. Publicou diversos livros, entre eles o romance Sozinho no deserto extremo, a coletânea de contos Paraíso líquido e a coletânea de crônicas Muitas peles.

Silvio Alexandre é editor e produtor cultural. Organizador do Fantasticon: Simpósio de Literatura Fantástica.

O grupo Confraria de Idéias busca, através da linguagem do LARP (live-action role play), despertar o senso crítico, promover a inclusão, a diversão, a socialização, a cultura e a diversidade, além de desenvolver o autoconhecimento, estimulando as pessoas a agirem de forma consciente na sociedade.

[ Release da biblioteca ]

Entrelinhas

15/08/2012

Quem há de negar que o programa Entrelinhas, apresentado pela atriz Paula Picarelli, foi um dos mais bacanas da TV Cultura? Ninguém. De 2005 a março deste ano, o programa mostrou a um contingente imenso de leitores, não leitores e futuros leitores, que a expressão boa literatura nem sempre é sinônimo de pedantismo e academicismo. Assisti a um sem-número de edições e escutei outro tanto (deixava a tevê ligada até mesmo quando eu precisava finalizar um texto).

Atualmente o Entrelinhas é um quadro do programa Metrópolis e um programa semanal da Cultura FM, sob a responsabilidade do jornalista e crítico literário Manuel da Costa Pinto.

Recentemente Manuel me convidou pra participar de ambos. As participações já podem ser conferidas na web:

Entrelinhas: Confluências entre Música e Literatura

Entrelinhas: Metrópolis

Futuro presente: laboratório de ficção científica

22/04/2012

laboratoriofc

Coordenação: Luiz Bras

O laboratório tem por objetivo estimular, de maneira livre porém disciplinada, a produção de bons textos de ficção científica, em prosa ou verso. As atividades práticas de redação e leitura crítica realizadas em sala buscam o aprimoramento da escrita literária individual. Os textos produzidos pelos participantes serão analisados à luz do que há de melhor na ficção científica estrangeira e brasileira.

Público-alvo: escritores diletantes (poetas e prosadores), com obra ainda em formação, estudantes e pessoas interessadas em aprimorar suas habilidades no uso da linguagem literária.

Carga horária: 18 horas.

Duração da oficina: seis encontros.

Quando: dias 15, 22 e 29 de maio e 5, 12 e 19 de junho. Das 18h30 às 21h30.

Número de participantes: Vinte.

Onde: Sesc Belenzinho. Rua Padre Adelino, 1.000. Belenzinho. São Paulo.

As paredes da realidade tremeram

27/06/2010

Ontem, no Espaço Terracota, eu ganhei um presentão: um show-livro baseado no Paraíso líquido. Foi emocionante rever trechos dos contos na leitura dramática de Cláudio Brites, cercada pelo som demolidor de Tiago Araújo (violão) e Thiago Camargo (percussão). Quem estava lá viu: uma porta pra outra realidade ficou momentaneamente escancarada. O grupo apresentou muito mais do que uma simples leitura. Eles convocaram compositores da MPB e criaram um espetacular espetáculo musical e literário. Como eu disse, foi um presentão: o primeiro show-livro de que tenho notícia. Talvez o primeiro do planeta.

Deise Sales cantou deliciosamente O que você faria?, de Paulinho Moska, Um índio, de Caetano Veloso, Táxi lunar, de Zé Ramalho, e Cálice, de Chico Buarque. Ísis de Medeiros e Márcia Regina interpretaram o diálogo inicial do conto Memórias. Fui transportado para uma região fabulosa, mais real do que a realidade, em que meus personagens estão vivos, têm rosto, voz. A experiência foi tão bacana que Silvio Alexandre, organizador do simpósio Fantasticon, convidou o grupo para encerrar o evento com outro show-livro. Será no dia 29 de agosto, na Biblioteca Viriato Correa, em São Paulo. Prepare-se, o entusiasmo da galera é ilimitado e o show-livro tupiniquim está apenas começando.